páginas



As pessoas param e olham, mas não me vêem; não falam comigo,
nem me cumprimentam… Apenas meus adereços lhes interessam…

Talvez se me olhassem nos olhos, veriam o vazio de suas próprias
existências refletido neles, e sairiam gritando:

- Quero viver! Quero ser feliz! Quero ser livre!


People stop and look, but do not see me, do not talk to me,
or compliment me ... Just my adornments interest them ...

Maybe if I looked in his eyes, would see the emptiness of their own
existences reflected in them, and would come out crying:

- I want to live! I want to be happy! I want to be free!

MOSAICO . Jorge Silva

Uma ilustração, brincando com os filhos de um casal amigo.

Seres Sencientes e JAPÃO

SERES SENSCIENTES por Antonio Diana
No budismo, já nos familiarizamos com o termo "seres sencientes", e a compreensão deste termo transforma toda nossa vida e a maneira como interagimos com toda e qualquer forma de vida. A ciência agora, somente no século XXI, começa a compreender e empregar este termo, e o mais importante provocar mudanças de como nós seres humanos interagimos com os demais seres.

Uma reportagem interessante trata sobre este tema com uma visão científica: http://www.wspabrasil.org/latestnews/2010/Victoria-Braithwaite-fala-sobre-senciencia-animal.aspx#

E um belíssimo vídeo nos ensina que a compaixão tem uma compreensão e efeito além do que imaginamos: http://www.youtube.com/watch_popup?v=WK2LpUoqX6A&vq=medium 


JAPÃO por Monja Coen Sensei

Quando voltei ao Brasil, depois de residir doze anos no Japão, me incumbi da difícil missão de transmitir o que mais me impressionou do povo Japonês: *kokoro*. 

Kokoro ou Shin significa coração-mente-essência. 

Como educar pessoas a ter sensibilidade suficiente para sair de si mesmas, de suas necessidades pessoais e se colocar à serviço e disposição do grupo, das outras pessoas, da natureza ilimitada?

Outra palavra é Gaman: aguentar, suportar.
Educação para ser capaz de suportar dificuldades e superá-las. 

Assim, os eventos de 11 de março, no Nordeste japonês, surpreenderam o mundo de duas maneiras:

A primeira pela violência do tsunami e dos vários terremotos, bem como dos perigos de radiação das usinas nucleares de Fukushima.

A segunda pela disciplina, ordem, dignidade, paciência, honra e respeito de todas as vítimas.

Mãos em prece* (Gassho)* Monja Coen
www.pensandozen.blogspot.com
"Toda pessoa está amplamente tomada pelo Dharma, mas sem prática ele não se manifestará."
Dōgen Zenji

Pelos bairros... Crianças se divertem em qualquer lugar...

Poesia no Cotidiano - Por Alfie Steffen

Jabiraca.com

O comercial e o ensaiado não me interessam. 

Gosto do real e do bizarro. 
Capturar o inevitável e recordar a condição humana. 
O piscar de olhos entre o antes e o depois.

Foto premiada e impressa na edição de 10 anos da National Geographic Brasil (maio/2010)

Pensamentos de amor e gratidão às águas da usina nuclear de Fukushima

DIA E HORA
..........................
31 de marco de 2011 (quinta-feira)
12:00 horas em cada fuso horário, em cada país

Por favor, diga a frase abaixo em voz alta ou em sua mente. Repita-a três vezes colocando as mãos juntas em posição de Oração. Por favor, ofereça sua Oração Sincera:

"Águas da Central Nuclear de Fukushima, lamentamos  fazê-la sofrer.
Por favor, perdoe-nos. Nós te agradecemos, e nós te amamos . "
Muito obrigado de coração.”


Com amor e gratidão,
Eu Sou, Masaru Emoto
Mensageiro da Água

Eu Sou o que Eu sou

Minha foto

"Quem somos nós? Só convivendo para saber. A Verdade se descortina a cada momento e a cada encontro surgem novos caminhos."